quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Brasilândia apresenta reivindicações a candidatos

A Região Brasilândia promoveu no último domingo (17) o encontro com os candidatos a prefeito de São Paulo, com o objetivo de apresentar os problemas enfrentados pela população local e sugerir propostas de ação administrativa. Os 11 candidatos ao executivo municipal foram convidados para o evento: cinco compareceram.

Na quadra esportiva da Creche Menino Jesus, na Freguesia do Ó, mais de 300 cidadãos tiveram contato com a síntese do documento elaborado pela igreja na Brasilândia e conheceram as propostas dos candidatos para as necessidades dos mais de 1,25 milhões de habitantes da Região.

A abertura do evento foi feita pelo bispo regional dom Simão que destacou a importância do encontro e do papel da Igreja no processo político do país. “O evento de hoje nada mais é que a continuação da doutrina social da Igreja e que consiste no compromisso social com a vida, sobretudo a vida do povo mais necessitado”, enfatizou.

Diante das demandas apresentadas os candidatos presentes apresentaram algumas plataformas de ação nas áreas de saúde, habitação, educação, cultura, direitos humanos, assistência social, políticas para a juventude, meio ambiente, segurança pública, transporte e comunicação alternativa popular.

Edmilson Costa (PCB) defendeu a redução gradativa das tarifas públicas de transporte e a adoção de mudanças na política habitacional da cidade.

Renato Reichmann (PMN) apresentou propostas nas áreas da saúde e sugestões para o melhor aproveitamento do potencial econômico dos bairros periféricos.

Ivan Valente (Psol) expôs propostas nas áreas de transporte, saúde e habitação e disse que pretende viabilizar a construção de um hospital na área de Perus Anhanguera e impedir que novos lixões sejam instalados na Região.

Soninha Francine (PPS) fez constatações sobre o crescimento desordenado da cidade, defendeu a descentralização de serviços de saúde e propôs uma melhor gestão da coleta seletiva na cidade e novas políticas de meio-ambiente.

A candidata Marta Suplicy (PT) foi representada pelo vice, Aldo Rebelo (PC do B) que defendeu a construção de um hospital na Região e ventilou a possibilidade da ampliação da linha do metrô até a Freguesia do Ó e da criação de novos terminais de transporte.

Os candidatos Geraldo Alckmin (PSDB), Gilberto Kassab (DEM), Levy Fidelix (PRTB), Anaí Caproni (PCO), Paulo Maluf (PP) e Ciro Moura (PTC) foram convidados para o evento, mas não compareceram ou enviaram representantes.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos