quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Padre Cilto Rosembach celebra jubileu sacerdotal

Por Renata Moraes, pela Pascom Brasilândia
a
Na noite do domingo, 15, centenas de fiéis lotaram a Paróquia São José, em Perus, para juntos celebrarem com o padre Cilto José Rosembach, que completou 25 anos de ministério sacerdotal. A missa foi presidida pelo aniversariante, padre Cilto, e concelebrada pelos padres Márcio Chen e Daniel McLaughlin, vigários paroquiais da Igreja São José, padre José Oscar Beozzo, coordenador geral do Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular (CESEEP) e demais padres do clero regional.
a
Muito emocionado, o pároco agradeceu à presença de todas as comunidades, as quais ele trabalhou e o carinho e o acolhimento dos padres, amigos e familiares vindos do Sul. No ofertório, foram levados ao altar os símbolos que marcaram a sua caminhada sacerdotal e dos trabalhos sociais desenvolvidos neste tempo. Em sua homilia, padre Cilto relembrou que a caminhada desse jubileu foi vivida com muita luta, dificuldades e desafios.
a
Nascido em 16 de julho de 1954, natural de Campo Novo (RS), em 1974 o jovem Cilto escolheu o caminho para o sacerdócio e ingressou no Seminário Diocesano de Palmas (PR).  Nesta época, trabalhou no Jornal do Povo e na Rádio Clube de Palmas. Em 1981, já na capital de São Paulo, iniciou os cursos de Filosofia e Pedagogia. Em seguida, a Teologia, e ajudou na organização das comunidades do Grajaú e favela de Heliópolis na Zona Sul.
a 
Em 10 de dezembro de 1988 na Paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração, em Capanema (PR), Cilto José Rosembach foi ordenado padre com o lema: “Na caminhada do povo a serviço do Reino de Deus”. Recém-ordenado, trabalhou durante cinco anos na diocese de Chapecó (SC).
a 
Em 1994, retornou às periferias de São Paulo, para trabalhar na Região Brasilândia. Foi vigário paroquial durante os anos de 1994 e 1995, na Paróquia Imaculado Coração de Maria, no Jardim Princesa; foi pároco durante nove anos, antes 1996 a 2005, na Paróquia Bom Pastor, no Jardim Carumbé; e de fevereiro de 2006 a julho de 2013, foi pároco da Paróquia Santa Rita de Cássia, na Vila Progresso, Morro Grande. Em 4 de agosto de 2013, tomou posse como pároco da Paróquia São José, em Perus.
a
Sempre ligado à comunicação, padre Cilto cursou pós-graduação em Comunicação Social, Sepac, mestrado em Comunicação e Semiótica, pela PUC-SP, curso de locução profissional em rádio. Em 1995, participou da fundação da rádio comunitária e da Associação Cantareira. Em dezembro de 1996, juntamente com uma equipe, fundou o Jornal Cantareira. Em 1997, com um grupo de educadoras populares, criou o projeto de Alfabetização de Jovens e Adultos na Brasilândia. Também é assessor da Pastoral da Comunicação (Pascom) na região e foi membro da Comissão de Comunicação e Cultura da CNBB.
a 

Entrevista à Pascom Brasilândia, padre Cilto expressou sua alegria em comemorar a data e sua gratidão a Deus por todas as realidades pastorais vividas, assim como os projetos sociais e acadêmicos realizados junto com o povo. “Celebrar hoje, com toda essa gente vinda de vários lugares, para mim é uma grande ação de graças e uma verdadeira alegria. É tempo também de renovar o compromisso e fortalecer a vocação, para cada vez mais caminhar com o povo a serviço do Reino de Deus”, encerrou. 

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Brasilândia tem avaliação de setores e transferência de padres

Renata Moraes, pela Pascom Brasilândia
a
Reunidas no sábado, dia 7, as lideranças do Setor Perus apontaram como positivo a participação dos jovens na Semana Missionária e Jornada Mundial da Juventude. E também a ampla participação de todos no Mutirão Bíblico realizado em setembro.
a
Em entrevista à Pascom Brasilândia, padre Cilto José Rosembach, pároco da paróquia São José, falou que apesar das dificuldades e desafios, até mesmo pela distância e localização entre as paróquias, a participação dos leigos é boa, mas é necessário ampliar a participação dos grupos da Renovação Carismática Católica (RCC) e Encontro de Casais com Cristo (ECC).
a
Também no sábado, 7, houve reunião das lideranças pastorais do setor São José Operário, na comunidade Cristo Ressuscitado,  da  Paróquia Nossa Senhora Aparecida,  da Vila Souza. Membros do Conselho Pastoral fizeram seus apontamentos sobre o ano pastoral vigente.
a
Foi feita uma troca de experiência das pastorais e avaliação sobre a articulação destas. Para os próximos dois anos, foi escolhido como novo coordenador pastoral o padre Jaime Estevão Gomes, pároco da Paróquia Espirito Santo, do Parque Belém.
a
Na ocasião, também foi apresentado o livro: “Os grandes louvores da Virgem Mãe de Deus: O ofício da Imaculada Conceição história e contexto”, escrito pelo padre Valdiran Ferreira dos Santos, pároco da Nossa Senhora Aparecida, da Vila Souza. Que apresenta uma abordagem do Ofício, a partir do contexto histórico e da religiosidade popular, e um estudo bíblico-teológico-pastoral e do Catolicismo Popular Brasileiro.
a
Transferência de Padres
a
Na sexta- feira, dia 5, dom Milton Kenan Júnior, bispo auxiliar da Arquidiocese para a Região Brasilândia, anunciou a transferência de alguns padres, tendo em vista as necessidades espirituais e pastorais das paróquias e comunidades. Os padres deverão assumir o novo ofício até o dia 20 de dezembro deste ano.
a
Padre Palmiro Carlos Paes, até então Pároco da Paróquia Bom Jesus dos Passos, do Setor Freguesia do Ó, foi nomeado vigário Paroquial da Paróquia São José, responsável pela Área Pastoral Santíssima Trindade, do Setor Perus. Padre Roberto Carlos Queiroz Moura, até então pároco da Paróquia Santa Cruz de Itaberaba, do Setor Pastoral Freguesia do Ó foi nomeado pároco da Paróquia Bom Jesus dos Passos, do mesmo Setor.
a
Padre Airton Pereira Bueno, até então pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, do Setor Pastoral Pereira Barreto, assumirá a Paróquia Santa Cruz de Itaberaba, do Setor Pastoral Freguesia do Ó. Padre Reinaldo Torres, até então pároco da Paróquia Nossa Senhora Mãe e Rainha, do Setor Pastoral Jaraguá, foi nomeado pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, do Setor Pastoral Pereira Barreto. Já o pároco da Paróquia Nossa Senhora Mãe e Rainha, será o padre Alécio Ferreira Silva, até então vigário paroquial. Por fim, padre Genésio de Morais, será transferido para local a ser anunciado posteriormente.
a
O bispo pediu que os fiéis  acolham com grande generosidade os padres como seus pastores próprios,  e desejou a  todos abundantes graças de Deus e fecundo ministério sacerdotal.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Posse de pároco e Crisma na Paróquia N. Sra das Dores

Daniel Gomes, pela Pascom Brasilândia
a 
O domingo, dia 1º, foi especial para os fiéis da Paróquia Nossa Senhora das Dores, no Setor Jaraguá da Região Brasilândia.  Em uma mesma celebração, eles prestigiaram o sacramento da Crisma de 34 jovens e seis adultos e acolheram o novo pároco, padre Hamilton Wagner da Rosa, 56, que assumiu a igreja com provisão de seis anos, em lugar do padre Cássio José Leite Esteves.
a 
Dom Milton Kenan Júnior, bispo auxiliar da Arquidiocese na Região, presidiu a missa, concelebrada pelos padres Cássio, Hamilton e Reinaldo Torres, coordenador do Setor Jaraguá. No começo da celebração, o novo pároco renovou promessas de fidelidade à Igreja e houve a leitura dos decretos de nomeação e provisão.
a 
Na homilia, dom Milton agradeceu ao padre Cássio pelos três anos à frente da Paróquia e expressou o desejo de que padre Hamilton realize um trabalho fecundo. O Bispo ressaltou que todo pároco é chamado a animar os fiéis muito mais por gestos que por palavras, e pediu que os paroquianos acolham bem o novo padre e o apoiem.
a 
Dirigindo-se aos crismandos, dom Milton apontou que na Crisma, o Espírito Santo lhes é dado para que sejam testemunhas de Cristo e pessoas cheias de alegria, capazes de fazer a diferença no mundo. Comentou, ainda, que o recebimento da Crisma não é o fim da caminhada na Igreja, mas o começo, pois por esse sacramento, os crismados tornam-se corresponsáveis pela vida da comunidade cristã.
a 
Padre Hamilton, após a homilia, renovou suas promessas sacerdotais, e dom Milton conduziu os ritos da Crisma. Ao final, os jovens agradeceram a seus monitores e reproduziram o trecho da homilia do papa Francisco no encerramento da JMJ Rio-2013, no qual o Pontífice exortou a todos: “Ide, sem medo, para servir”.
a 

Ao fim da missa, o novo pároco agradeceu a confiança nele depositada pelo Bispo e disse que chega à Paróquia para somar e não para dividir o povo de Deus. Anteriormente, padre Hamilton era vigário na Paróquia Santos Apóstolos. Nascido em São Paulo, em 15 de janeiro de 1957, foi ordenado padre em 11 de dezembro de 1999. 
Ocorreu um erro neste gadget

Acessos