sexta-feira, 29 de abril de 2011

Brasilândia anuncia Paixão de Cristo com teatros

Por Daniel Gomes, pela Pascom Brasilândia
Colaboraram: Juçara Terezinha, Anderson Braz e Karla Maria


A Sexta-feira Santa, em 22 de abril, foi vivenciada com devoção e fé através das encenações da Paixão de Cristo em diversas paróquias da Região Brasilândia. A morte e ressurreição de Jesus levou milhares de fiéis à frente dos palcos montados em espaços diversos e também às ruas e praças nas via-sacras realizadas.

No Mercado Municipal de Pirituba, cerca de 2.700 pessoas de paróquias dos setores Pereira Barreto e Nova Esperança prestigiaram a encenação coordenada pelo Ministério de Artes Cristo Libertador, da Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima. Durante a encenação, a via-sacra tomou as ruas de Pirituba e da janela as pessoas acompanhavam a passagem da Cruz. Crianças atentas e com os olhos marejados, se perguntavam: “Por que mataram Jesus? Por quê?”.

A encenação em Pirituba também trouxe na prática a temática da CF 2011, “Fraternidade e a Vida no Planeta”, já que o figurino estava repleto de materiais feitos a partir de recicláveis: as lanças dos soldados foram retiradas de lixo das obras e os elmo dos capacetes, feito com cerdas de vassoura.

No Setor Jaraguá, cerca de 2.500 pessoas se reuniram na praça em frente da Paróquia Nossa Senhora Mãe e Rainha para assistir a peça, que foi preparada em detalhes no figurino e efeitos de luz para relembrar o clima dos fatos da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus. O local, às vezes marcado pelo intenso barulho de motos, sons de música com letras de baixo nível, foi tomado por músicas sacras e orações.

Houve via-sacra com orações e cantos pelos bairros próximos à paróquia. Os fiéis rezaram para que o poder público atue em favor das comunidades da Região Brasilândia, não faça o traçado proposto para o trecho norte do Rodoanel e tome atitude para evitar as mortes de imigrantes nigerianos e bolivianos que têm sido deflagradas na área da paróquia.

No bairro da Vila Yara, a encenação foi realizada ao final da tarde. Tão logo terminaram a celebração da Paixão do Senhor na Paróquia Santa Rita de Cássia, Setor Nova Esperança, os fiéis seguiram para Escola Estadual Rui Barbosa, onde os jovens da paróquia apresentaram o auto da paixão fazendo um contraponto aos problemas sociais que continuam a crucificar o povo hoje, como as falsas promessas sobre a construção do trecho norte do Rodoanel, que poderá desalojar milhares de famílias e provocar incalculáveis danos ambientais.

Em Taipas, na Paróquia Nossa Senhora das Dores, Setor Pereira Barreto, o grupo Teatral Arte de Viver, recorreu aos atores da própria comunidade para encenar a peça que conta a maior história de amor da humanidade. Foram quatro meses de preparação que pareceu agradar as mais de 1.500 pessoas que prestigiaram a encenação. “É interessante que um homem, Jesus de Nazaré, revolucionou toda a história humana. Estamos aqui hoje porque Jesus ressuscitou”, afirmou o pároco Cássio José Leite Esteves, que elogiou o empenho do grupo teatral.

Na Paróquia São José Operário, Setor Cântaros, cerca de 40 jovens apresentaram a peça da Paixão de Cristo, para a qual se prepararam desde fevereiro, não só artisticamente, mas espiritualmente por meio de orações, leituras bíblicas e profunda vivência do período quaresmal. Para tal, tiveram amplo apoio da paróquia, dos próprios pais e do novo administrador paroquial, o padre André Paiva Oliveira.

No Setor Perus, 150 pessoas da comunidade São Judas Tadeu, vinculada à Pró-Paróquia Santo Agostinho, encenaram a Paixão de Cristo em um campo de futebol próximo da igreja; e no setor São José Operário, os fiéis da Paróquia Cristo Ressuscitado tomaram as ruas próximas à Comunidade Santa Cruz para prestigiar a encenação da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo.

sábado, 23 de abril de 2011

Começam estudos para assembleia regional

Daniel Gomes, pela Pascom Brasilândia

A preparação para a assembleia pastoral da Região Brasilândia, que acontece em 10 de setembro, começou oficialmente na quarta-feira, 20 de abril, durante a celebração da missa crismal na Paróquia São Luís Gonzaga, Setor Pereira Barreto.

Na oportunidade, diante de todo o clero da Brasilândia e dos fiéis que lotaram a igreja, dom Milton Kenan Junior, bispo regional, entregou aos padres coordenadores dos sete setores pastorais uma cópia do texto que irá nortear as reflexões preparativas para a assembleia regional.

Os padres Antônio Leite Barbosa Júnior – Toninho (São José Operário), Palmiro Carlos Paes (Pereira Barreto), Natanael Pires da Silva (Jaraguá), Carlos Alves Ribeiro (Freguesia do Ó), Marcos Antônio Câmara (Nova Esperança), Konrad Körner – representando o padre Edson Jorge Feltrin (Cântaros) e Rodrigo Pires Vilela (setor Perus) foram incumbidos de replicar o texto, junto ao clero e as comunidades, nos setores que coordenam.

“Motivados pela Carta Pastoral de dom Odilo e por essas reflexões, vamos nos empenhar para realizar bem nossa assembleia, de tal forma que ela possa indicar os melhores caminhos para que possamos realizar a nossa missão de sermos colaboradores de Cristo na força de seu espírito”, orientou dom Milton.

O bispo regional, que presidiu a celebração, aproveitou para desejar feliz Páscoa aos presentes, em seu nome e também em nome do arcebispo de São Paulo, o cardeal dom Odilo Pedro Scherer. “Nós desejamos a todos uma celebração fervorosa, na Paixão, Morte e Ressureição do Senhor, que morrendo com Ele, possamos ressuscitar com Ele para uma vida nova. A todos vocês, padres, diáconos, religiosos, a todo o povo de Deus, uma santa e abençoada Páscoa do Senhor”, expressou.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Brasilândia tem peças teatrais da Paixão de Cristo

Daniel Gomes, pela Pascom Brasilândia

Em comunidades e paróquias da Região Brasilândia, a celebração da Sexta-feira da Santa é de especial emoção e reafirmação dos compromissos de fé, diante do sacrifício de Jesus pela humanidade.

Alguns fiéis da região podem vivenciar esse momento através de encenações teatrais, realizadas por grupos atuantes nas paróquias Nossa Senhora do Rosário de Fátima e Nossa Senhora das Dores, do Setor Pereira Barreto; Nossa Senhora Mãe e Rainha, Setor Jaraguá, Santa Rita de Cássia, Setor Nova Esperança; e Cristo Ressuscitado, Setor São José Operário.

Há cinco anos, o Ministério de Artes Cristo Libertador, veiculado à Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima, apresenta um musical sobre a paixão, morte e ressurreição de Cristo. O grupo composto por cerca de 100 jovens, e que conta com o auxílio de 3 mil pessoas no dia da encenação, se apresenta este ano na Sexta-feira da Paixão, 22 de abril, às sete da noite, no Mercado Municipal de Pirituba, localizado Alameda Isaías de Noronha, 163, próxima à Paróquia São Luis Gonzaga.

Guilherme Maggio, coordenador do grupo, considera que a encenação é também um processo de evangelização. “Encaramos a apresentação como um chamariz, um despertar da fé, para aqueles que estão afastados da presença de Deus ou que nunca tiveram oportunidade de o conhecer. Mais do que evangelizar, porque afinal é pouco tempo de apresentação, e ilustrar o verdadeiro sentido da Páscoa, é fazer com que os espectadores se sintam participantes da apresentação, se sintam tocados pelo Espírito Santo, e através dele busquem mais a Jesus e até mesmo por curiosidade queiram entender os verdadeiros significados do que foi apresentado”, revela.

Na Paróquia Nossa Senhora das Dores, localizada na Avenida Elísio Teixeira Leite 7.400, a encenação da Paixão de Cristo acontece há 15 anos, com atores do Grupo Teatral Arte de Viver e paroquianos, que se envolvem na produção da peça e na interpretação. “O importante não é apenas interpretar e sim transformar vidas, ainda que seja uma no meio de tantas”, explica Roberto Bueno, diretor da peça, que também será encenada na Sexta-feira da Paixão, às sete da noite, na matriz.

O diretor do Grupo Teatral Arte de Viver também acredita que a encenação é uma forma de evangelizar. “A Igreja nos mostra que é preciso evangelizar com um novo ardor, com novos métodos e a encenação da Paixão de Cristo é uma oportunidade de pôr em prática esse novo conceito, despertando através da maior história de amor de todos os tempos, algo maravilhoso aos espectadores, evangelizando e convidando-os a refletir sobre o que Jesus fez por nós e questionar o que nós estamos fazendo”, avalia Roberto.

Fiéis da Paróquia Santa Rita de Cássia, no Setor Nova Esperança, também realizam a encenação a Paixão de Cristo no dia 22, a partir das seis da tarde, na Escola José Barbosa de Almeida, localizada na Avenida Elísio Teixeira Leite, próximo ao número 3.000. No mesmo dia, às sete da noite, haverá encenação na Paróquia Nossa Senhora Mãe e Rainha, na avenida Pinheirinho D' Água, 435, no Jardim Panamericano, e às oito da noite, a Comunidade Santa Cruz, da Paróquia Cristo Ressuscitado, Setor São José Operário, se mobiliza para a encenação que acontece na Rua Doutor Paulo Furtado de Oliveira, 370, no Jardim Santa Cruz.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Brasilândia articula ações em reunião de setores

Por Anderson Braz e Juçara Terezinha, pela Pascom Brasilândia

Os sete setores da Região Brasilândia realizaram encontros no fim de semana dos dias 03 e 04 de abril para dar continuidade ao planejamento de trabalho e pautar os novos desafios.

No Setor Cântaros, representantes das quatro paróquias se reuniram na Igreja São Francisco de Assis, no sábado, dia 03, para refletir sobre a atuação das lideranças nas questões sociais, especialmente as referentes a graves problemas como o atendimento a saúde, acúmulo do lixo e entulho, falta constante de água, violência nas ruas, abuso sexual de crianças, aumento do número de jovens e adolescentes usuários de drogas.

Os presentes à reunião questionaram-se como agir para mudar esse panorama e a quem recorrer. Parte dessas inquietações foi debatida e constatou-se que existem diversos canais que podem ajudar a mudar essas situações.

Uma das ações que o setor assumiu e cumpriu foi a participação na manifestação por melhorias nos serviços de saúde, realizada no centro de São Paulo, na quinta-feira, 07 de abril, durante o Dia Mundial da Saúde. Cerca de 40 pessoas da Comunidade São Benedito, no Jardim Paulistano, e outros leigos atuantes em paróquias e comunidades na Vila Terezinha e Jardim Guarani estiveram na manifestação.

No Setor Jaraguá, a reunião foi realizada também no sábado, dia 3, na Paróquia São Luis Maria G. Montfort, no Jardim Rincão. No início das atividades, a irmã Carolina convidou os presentes a refletir sobre a Carta Pastoral “Paróquia, torna-te o que tu és”, escrita pelo cardeal dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo metropolitano. A religiosa destacou que o texto desafia para projetos missionários no biênio 2011-2012.

Os cerca de 27 presentes foram convidados a dividirem-se em grupos para a reflexão de duas questões: “Sua paróquia já é uma comunidade missionária?”; e “Que aspectos da “conversão missionária”ainda são necessários”.

Após os 30 minutos concedidos para a partilha foi feita a plenária com diversas questões levantadas pela experiência vividas das lideranças, entre elas, a necessidade de formação específica aos líderes para saber se sobressair em situações desafiadoras, melhora na acolhida em todos os momentos de encontro, comunicação entre os membros da comunidade, atenção às necessidades dos paroquianos e o entorno da comunidade.

Com estas pistas ao longo da partilha, foi relatada a atenção especial aos estrangeiros imigrantes sobre tudo os vindos da Bolívia. A cada mês, cresce o número de famílias em torno da Região Brasilândia e comunidades do setor, vindas, muitas vezes, clandestinamente, para trabalhos desumanos em situação de miséria, criando uma dívida impagável para os que os trazem.

A próxima reunião do setor está agendada para o dia 07 de maio, na Paróquia Nossa da Paz, no Jardim Ipanema. Uma das pautas a ser tratada será o aniversário do setor.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Pascombras faz formação com leigos e secretários

Por Anderson Braz e Daniel Gomes, pela Pascom Brasilândia

A Pastoral da Comunicação da Região Brasilândia (Pascombras) realizou nas últimas duas semanas formações com leigos da Paróquia Nossa Senhora da Paz, Setor Jaraguá, e com os secretários (as) das paróquias da região. A preocupação em comunicar melhor e de forma mais eficaz foi o anseio comum expresso pelos participantes das duas formações.

Na comunidade Mãe de Deus, da Paróquia Nossa Senhora da Paz, as formações aconteceram em 19 e 26 de março, com assessoria do coordenador regional da Pascom, Anderson Braz. O enfoque tratado foi o uso dos meios de comunicação e os procedimentos de comunicação recomendáveis na liturgia.

Os cerca de 40 participantes mostraram-se motivados aos novos aprendizados e conscientes da importância de proclamar bem a Palavra, praticar a acolhida e, sobretudo, preparar bem os eventos paroquiais e os procedimentos de liturgia.

“Se toda comunidade e paróquias tivessem uma formação ligada à comunicação, diminuiríamos as dificuldades e desafios nesta área”, avaliou o pároco, padre Natanael Pires da Silva. Ao final do encontro, os presentes sugeriram que a paróquia inclua, ao menos anualmente, cursos com foco em comunicação e estenda tais formações aos líderes de todas as pastorais.

Na última quinta-feira, 31 de março, cerca de 20 secretários (as) paroquiais participaram do curso de redação para sites, blogs e mídias sociais, realizado pela Pascombras na Cúria Regional, com assessoria de Daniel Gomes e Juçara Terezinha, integrantes da pastoral.

Os secretários (as) receberam dicas para a captação precisa de informações, aprenderam técnicas elementares de redação jornalística e foram informados das peculiaridades para postagem de notícias em sites, blogs e mídias sociais.

Foi possível notar que a maioria dos secretários (as) tem noções dos elementos que precisam constar em uma notícia, compreendem a estruturação lógica de um texto jornalístico, mas ficou evidente que há necessidade de um processo de formação contínuo para que possam comunicar ainda melhor e facilitar o fluxo de informações no interior da paróquia, entre as paróquias, e das paróquias para as instâncias regionais e arquidiocesanas.
Ocorreu um erro neste gadget

Acessos