sexta-feira, 21 de maio de 2010

Brasilândia forma primeira turma do ETEP

por Juçara Terezinha, pela Pascom Brasilândia

Em clima de festa e compromisso com a Igreja, 90 lideranças leigas das comunidades de base, das pastorais e movimentos eclesiais da Região Episcopal Brasilândia celebraram no sábado,15 de maio, a formatura do ETEP, Escola de Teologia e Pastoral.

A missa ocorreu na Igreja Santos Apóstolos, Jardim Maracanã e foi presidida pelo cônego Antonio Manzatto e pelo padre José Roberto, assessor da comissão de formação de leigos regional. Também estavam presentes os padres José Aécio Cordeiro da paróquia Nossa Sra. das Graças, Anhanguera, padre Fábio Bezerra da Silva da área paroquial N. Senhora e Santa’Ana, padre Everton Fernandes Moraes, paróquia Nossa Sra. Aparecida, Vila Souza.

Durante o momento de acolhida aos formandos, familiares, lideranças e religiosos, o padre Antonio Leite Barbosa Junior, pároco da Igreja Santos Apóstolos, destacou a felicidade da Igreja na Região Brasilândia em celebrar a formatura de 90 lideranças leigas que durante dois anos, todas as sextas feiras, participaram assiduamente da formação no ETEP.

Na celebração eucarística, padre Manzato fez a apresentação da equipe regional que durante dois anos coordenou o curso com muita competência e dedicação. A equipe é formada por padres, diáconos, leigas e leigos. Manzatto apresentou a professora Rosana Manzini, que estava representando os professores da Faculdade Assunção. Em seguida fez a apresentação, nome a nome, dos 90 formandos. A emoção estava estampada no rosto de cada um deles. Mulheres, homens, jovens comprometidos com o Reino de Deus lotaram o presbitério da Igreja. Em resposta a assembléia os acolheu com uma calorosa salva de palmas.

Durante a homilia Manzato falou que a Igreja da Brasilândia sempre teve uma preocupação com a formação dos leigos e leigas. Lembrou do ITEBRA, que funciona há mais de 18anos e cumpre a função de fazer a formação teológica, bíblica, pastoral e eclesial. Ele ponderou que a Escola de Teologia e Pastoral foi pensada para ajudar no aprofundamento dos leigos. "Hoje estamos colhendo os primeiros frutos desta nova etapa. É um momento de ação de graças porque mesmo sem recursos o curso foi um sucesso”, disse Manzatto que também destacou o apoio dos padres, religiosas, diáconos e de todo o povo de Deus para o sucesso do curso.

No final, depois dos agradecimentos, professora Rosana, falou da sua alegria de ter vivenciado esses dois anos com lideranças comprometidas com a justiça social e com a causa dos pequenos. “ Este processo me fez voltar a minha matriz teológica, as minhas origens e sou muito grata a cada um de vocês", exaltou.

O momento do compromisso aconteceu com a entrada da Mãe padroeira da América Latina, Nossa Senhora Aparecida. Um grande rio foi formado no centro da Igreja pelos formandos que acolheram Nossa Senhora. Depois da benção final, houve a entrega dos certificados. Por fim, diácono Franco fez memória da caminhada do curso e destacou que aquele momento era de renovação dos compromissos com Deus e chamou, pelo nome, cada um dos formados para dar-lhes um caloroso abraço e entregar o certificado.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos