sexta-feira, 20 de março de 2009

Brasilândia em peregrinação no Ano Paulino

Em participação nas atividades do Ano Paulino, aberto pelo papa Bento XVI em 28 de junho de 2008 no Vaticano, a Região Episcopal Brasilândia estará em peregrinação à Catedral da Sé, no domingo, 29 de março. Padres, diáconos e integrantes de ordens, congregações, institutos religiosos, novas comunidades, paróquias, CEB´s, movimentos eclesiais e pastorais estão convocados a participar da solenidade.

A Região Brasilândia iniciará a peregrinação a pé às 10 da manhã, com saída do Largo do Clipper rumo à Praça do Patriarca. No local, às duas da tarde, os caminhantes irão se unir aos outros participantes da Região e seguirão em procissão até a Catedral da Sé, onde às três da tarde será concluida a peregrinação com uma missa em louvor ao Ano Paulino

Para participar da Peregrinação a Pé é necessário preencher uma ficha de inscrição que está disponível em todas as igrejas da Região (informações na Cúria pelo telefone 3924-0020). As paróquias também estão incumbidas de organizar as caravanas de fiéis que irão direto para a Praça do Patriarca, nesse caso não há preenchimento de fichas, mas o controle nas paróquias.

A Brasilândia será a quarta região episcopal a realizar a peregrinação. As regiões Sé, Belém e Santana já fizeram-na. Em 26 de abril será a vez da região Lapa e em 17 de maio, a região Ipiranga encerra as peregrinações regionais à Catedral.

Participação indispensável para todos os católicos

Em comunicado expedido em 19 de março, o bispo regional, dom José Benedito Simão convocou todos os fiéis a participarem da peregrinação. “Em 29 de março, o evento prioritário é a nossa peregrinação e celebração às 15h00 na Catedral da Sé. Insisto em lembrar que neste dia não se marque, em nenhuma hipótese, qualquer outro evento, caso tenha acontecido algum equívoco neste sentido, por obséquio, em nome de nossa comunhão eclesial, queira desmarcá-lo e agendá-lo em outra data”.

No site da Arquidiocese de São Paulo, o arcebispo dom Odilo Pedro Scherer lembra que as peregrinações deverão ser precedidas de intensa oração, leitura dos textos paulinos, pregações, confissões individuais, desejo sincero de conversão a Deus, comunhão eucarística, orações nas intenções do Papa – Pai Nosso e Ave Maria, Creio em Deus Pai – e uma ação de caridade fraterna. A participação na peregrinação e cumprimento das ações que devem precedê-la leva à concessão das graças e benefícios da indulgência plenária (perdão de todos os pecados) para o participante ou para os fiéis defuntos.

Clique aqui e saiba mais detalhes sobre o Ano Paulino

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos