quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Brasilândia motiva protagonismo jovem

Por Anderson Braz, Vanessa Silva e Johnatan Marques, pela Pascom Brasilândia
(Edição: Daniel Gomes)
a
Duas atividades no último fim de semana retrataram a preocupação da Região Brasilândia com o protagonismo da juventude nas ações da Igreja. No domingo, 21, 700 jovens receberam o Youcat, compêndio da Catecismo da Igreja Católica, feito especialmente em linguagem jovem.
a
A entrega foi feita aos jovens do Setor Jaraguá, na Paróquia Nossa Senhora Mãe e Rainha, no Jardim Panamericano, em atividade que teve a participação de dom Milton Kenan Júnior, bispo regional. Além dos jovens presentes, suas respectivas paróquias receberam exemplares do Youcat.

A articulação para a entrega do Youcat foi articulada pela coordenação da JMJ no Setor Jaraguá e pelos os articuladores da Pastoral da Crisma. 
a
A atividade foi animada pelo Ministério de Música “Jesus Fonte de Misericórdia”, que levou os jovens a momentos de louvor e também a orações e reflexões, além de apresentações de dança, teatro e mostra de vídeos sobre a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Dom Milton leu um trecho do Youcat, que ressalta a participação dos jovens na Igreja e complementou: “Eu creio nos jovens”.
a
No sábado, dia 20, na Comunidade Nossa Senhora Mãe da Igreja, vinculada à Paróquia Nossa Senhora da Paz, Setor Jaraguá, foi realizada uma formação da Pastoral da Comunicação sobre juventude e missão popular na Igreja, com assessoria da irmã Carolina Moritz.
a
Ela apontou que “alguns gestos de Jesus são muito significativos para nós. Vimos nos Evangelhos que Jesus costumava visitar as casas, para levar sua presença e a Palavra de Deus. Entrando nas casas, sentou com corretores e pecadores e testemunhou o amor do seu Pai. As visitas de Jesus eram momentos de proclamação do Reino de Deus. São visitas missionárias...”.
a
Irmã Carolina sugeriu que as lideranças, jovens ou não, ouçam mais a realidade das pessoas nas visitas e busquem estreitar laços, mesmo diante de negativa, e recomendou ainda que as visitas sejam feitas em grupo, lembrando que Jesus enviava os discípulos em missão dois a dois, para proclamarem a misericórdia e o amor do Pai.
a
A assessora apresentou dicas de visitação, abordagens e temas a serem tratados. Houve ainda encenação de visitas e de contornar as situações de dificuldades nas missões. Os participantes, em grupo, refletiram a realidade e desafios das vistas missionárias e se dispuseram a multiplicar o conteúdo aprendido.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos