quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Papa motiva a Igreja com gestos e discursos, diz dom Milton

Daniel Gomes, pela Pascom Brasilândia
a 
O bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo para a Região Brasilândia, dom Milton Kenan Júnior, participou no sábado, 27 de julho, no Rio Janeiro, da missa que o papa Francisco presidiu na Catedral Metropolitana de São Sebastião, com bispos, padres, seminaristas e religiosos durante a JMJ Rio-2013.
a 
Ao final da celebração, dom Milton conversou com a Pascom Brasilândia sobre aspectos tratados pelo Papa na missa e sobre a presença do Sumo Pontífice no Brasil.

Pascom Brasilândia – Na homilia da missa, o papa Francisco falou, entre outros aspectos, de uma Igreja que deve ir em missão e que precisa combater a cultura do descartável. É um discurso que motiva em que aspectos a Igreja no Brasil?
Dom Milton Kenan Júnior - Não só o discurso, mas os gestos dos papas nos motivam a essa abertura da Igreja para o mundo. Ele fala da importância de sair e ir ao encontro, ele fala da importância de uma Igreja que se coloca no meio do povo, uma Igreja que vai para as ruas, fala da importância da cultura do encontro, da fraternidade, da solidariedade, como sinais da fé que professamos. Por tudo isso, eu penso que o Papa está confirmando a caminhada da Igreja no Brasil, especialmente agora com a realização da 5ª Semana Social Brasileira.
a 
Pascom Brasilândia – Dos outros aspectos tratados pelo Papa na homilia, o senhor destaca algo a mais?
Dom Milton – Todas as palavras do Papa são expressivas, muito fortes, assim não teria como escolher uma palavra, pois todos os discursos dele são extraordinários, falam ao coração, da realidade que vivemos, tocam de perto a vida do nosso povo.
a 
Pascom Brasilândia – A partir do que tem dito o Papa, a Igreja no Brasil vai precisar de muita mudança ou parte já está sendo feito, foi iniciado?

Dom Milton – Acredito que a Igreja vai se dando conta que tem que retificar algumas atitudes, corrigir algumas atitudes, mudar algumas posturas, se nós queremos de fato ir ao encontro, anunciar o Evangelho para nosso povo. 

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos