terça-feira, 10 de setembro de 2013

Brasilândia despede-se do padre Vladimir Anselmo

Por Renata Moraes, pela Pascom Brasilândia
a
Na manhã da terça-feira, dia 10, a Região Brasilândia despediu-se do padre Vladimir Anselmo da Silva, em missa de corpo presente celebrada por dom Milton Kenan Júnior, bispo auxiliar da Arquidiocese na Região, na Paróquia Santos Apóstolos, e concelebrada pelos padres e amigos de sacerdócio.
a
Padre Vladimir, 50 anos, estava desaparecido há duas semanas, e foi encontrado morto na noite do último sábado, dia 7, na mata dentro de uma propriedade particular próxima a Pedra do Baú, na cidade de São Bento do Sapucaí, no interior de São Paulo.
a
A igreja estava lotada. Leigos, amigos, familiares, religiosos e religiosas e todo o clero estavam reunidos para dar adeus ao amigo e irmão Padre, que por onde passou, fez amigos e deixou saudades.
a

“O Padre Vladimir foi um presente de Deus enviado para nós. No período que convivemos com ele em nossa Paróquia Mãe e Rainha, podemos perceber um homem maravilhoso, um servo fiel de Deus, que além de anunciar as palavras de Deus, também demonstrava o amor de Deus através de atitudes, adorava ajudar as pessoas dando apoio, conselho e carinho. Ele tinha as palavras certas para as horas certas”, disse Eloísa Mota, da Paróquia Nossa Senhora Mãe e Rainha.
a
Em sua homília, dom Milton confortou a todos e relembrou do cuidado e carinho que padre Anselmo tinha com seus paroquianos. “Nosso irmão, padre Vladimir, agora está na glória de Deus. Quantas vezes esse nosso irmão levou consolo e esperança àqueles que perderam seus entes queridos. Certamente, nos damos conta o quanto ele nos fará falta, não só para nós, mas para sua família e toda a nossa Igreja. Mas sabemos que neste mundo somos peregrinos e teremos que passar pela morte, um mistério que nos custa a entender”.
a
O bispo alentou a todos os presentes: “Hoje nós não lhe damos um adeus, mas sim um até breve, na certeza que um dia nos encontraremos na glória de Deus”.
a
Ao final da celebração, dom Milton, juntamente com padres, conduziu a oração das exéquias e a encomendação do corpo. Em seguida, o cortejo fúnebre seguiu até o Cemitério Santíssimo Sacramento, na Avenida Doutor Arnaldo, onde padre Vladimir foi sepultado por volta das 12 horas.
a
 O Padre completaria 25 anos de ordenação sacerdotal em dezembro deste ano. Nascido em 6 de março de 1963, em Londrina (PR), foi ordenado padre em 18 de dezembro de 1988, em São Paulo. Na Região Episcopal Brasilândia, atuou nas seguintes paróquias: São José - Vila Palmeiras (1989), Nossa Senhora Mãe de Deus (1992), Nossa Senhora Aparecida - Vila Souza (1999), Nossa Senhora Mãe e Rainha (2006) e Nossa Senhora do Carmo (2013). Atuou, ainda, como reitor do Seminário Maior de Filosofia "Santo Cura D'ars (1996), como ecônomo da Região Episcopal Brasilândia (2010) e como capelão do Colégio Religioso Padre Moye, das Irmãs da Providência de GAP.
a
A missa de 7º dia será celebrada nas diversas paróquias em que ele passou. Na Paróquia Nossa Senhora Mãe e Rainha (Avenida Pinheirinho D´Água, 435, no Parque Panamericano), será no sábado, dia 14, às 19h; e na Paróquia Santos Apóstolos (Avenida Itaberaba, 3.907, Jardim Maracanã), no domingo, dia 15, às 18h.

Foto: Juçara Terezinha Zottis

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos