quinta-feira, 13 de março de 2014

Padres Monfortinos assumem paróquia em Perus

Por Renata Moraes, pela Pascom Brasilândia
a
Na noite da sexta-feira, 28 de fevereiro, no Setor Pastoral Perus, tomou posse como pároco da Paróquia Santa Rosa de Lima o padre Luciano Andreol, missionário Monfortino, e foi apresentado o vigário paroquial, padre Taddeo Pasini, da mesma congregação.
a
A missa foi realizada no Centro Comunitário Padre Guilherme Kuypers, presidida por dom Milton Kenan Júnior, bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo na Região Brasilândia, e concelebrada pelos padres do Setor Perus e demais que atuam na Região.
a
Os padres Luciano e Taddeo assumem a Paróquia e suas nove comunidades após a saída do antigo pároco e irmão de missão, padre Luiz Augusto Stefani, conhecido como padre Luizinho. Após quase dois anos de trabalho à frente da Paróquia, deixa o pastoreio da Santa Rosa de Lima para assumir a função de Superior Delegado da Delegação Monfortina Peru-Brasil.
a
Na homilia, dom Milton destacou a primeira leitura da Carta de São Tiago, exortando a todos sobre a importância de serem verdadeiros consigo mesmo, com os outros e com a Igreja. O Bispo agradeceu em especial ao padre Luizinho, pelos dois anos de trabalho missionário com o povo, e que administrou a reforma da Igreja. Assim como acolheu os novos padres monfortinos para essa nova missão.
a
Padre Luciano Andreol expressou sua gratidão e confiança em pastorear a comunidade. “É uma grande oportunidade e um desafio, meu medo é atrapalhar a comunidade, quero fazê-la crescer”. O vigário paroquial também agradeceu a oportunidade de poder auxiliar a comunidade.
a
Em entrevista, padre Luizinho expressou, emocionado, sua partida. “A nova missão chegou antes do que eu esperava, mas a minha Congregação me pediu algo novo. Foi uma aceitação nada fácil”. O Padre já tinha organizado com a comunidade um programa pastoral e a reforma da igreja, que exigiu muita movimentação do povo. Ele expressou alegria como sinal de dever cumprido. “Entrei na missão paroquial feliz e saio feliz, não porque estou deixando a Paróquia, mas porque sei que há pessoas animadas a continuar o projeto”. O Sacerdote vai animar os 45 monfortinos da Delegação espalhados pelo Brasil, Peru, Colômbia e Argentina. A duração do mandato é de três anos e o Padre residirá em Lima, no Peru.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos