sábado, 7 de fevereiro de 2009

Blog da Pascom: compromisso de comunicação e interatividade

O uso de sites e blog´s por parte das pastorais e comunidades da igreja católica no Brasil é, de maneira geral, ainda muito comedido. Quando lançamos o blog da Pascom Brasilândia em março de 2008 tentamos cobrir esse hiato na comunicação católica de nossa Região.


Por tratar-se de um blog - e não de um site - entendemos que este canal deve ter um espaço para a interatividade daqueles que o acessam, porém essa interatividade deve ser responsável e factual.


No dia 28 de dezembro de 2008, recebemos um comentário anônimo acerca da reportagem “O mágico orçamento de São Paulo para 2009”. O anônimo iniciou a postagem nestes termos: “Ao invez de falar de política, você poderia falar sobre os padres que ganham, e ganham muito, mas pouco fazem pelo social”.


O anônimo fez outros comentários pouco claros sobre a igreja na região Brasilândia, sem citar objetivamente a situação que tentava ilustrar. Decidimos, na oportunidade, não publicar a postagem, mas resolvemos perguntar aos que acessam o blog da Pascom, se é nossa função refletir os impactos das decisões políticas na Região Brasilândia. Para nossa satisfação, 80% dos que responderam a enquete veiculada em janeiro foram favoráveis à nossa prática de falar sobre os assuntos políticos que interferem no cotidiano de nossa Região.


Gostaríamos de reafirmar nosso compromisso de não fechar os olhos às injustiças e a indiferença com a qual uma parcela dos políticos trata a Região Brasilândia. Enquanto este blog estiver no ar, iremos reclamar de ações absurdas dos legisladores e membros do executivo municipal, estadual ou federal. Vamos nos esforçar para dar voz aqueles que lutam por uma sociedade melhor, afinal falar de política é também fazer algo pelo social, é fomentar a reflexão dos grupos e começar uma mudança.


Daremos voz àqueles que discordem das matérias e textos opinativos publicados neste blog, porém tais opiniões devem ser objetivas e não ofensivas à instituição para qual prestamos nosso serviço pastoral jornalístico: Igreja Católica Apostólica Romana.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos