sábado, 10 de julho de 2010

Leigos pela Comunicação Social e Iniciação Cristã

por Juçara Terezinha, pela Pascom Brasilândia

Final de semana de mobilização na Brasilândia pelo 1° Congresso Arquidiocesano de Leigos. Em clima de alegria e compromisso social, ocorreram duas oficinas de leigos: no sábado, 03 de julho, sobre Comunicação Social, e no domingo, 04,o tema em destaque foi a Iniciação Cristã.

Mais de 40 lideranças de todos os setores pastorais da Brasilândia participaram da oficina de Comunicação Social, na sede da Associação Cantareira, Vila Isabel, com assessoria da equipe regional da Pastoral da Comunicação. Padre Jaime Isidoro Sena, coordenador regional de Pastoral fez a abertura dando as boas vindas e conduziu o momento de oração e apresentou um breve relato sobre o histórico do Congresso de Leigos.

Na sequência, o padre Cilto José Rosembach, assessor regional da Pascom, conduziu a reflexão sobre o tema. Ele destacou alguns pontos relevantes da comunicação no âmbito social e interpessoal, destacando os processos de comunicação humana, que envolvem a troca de informações. O assessor e os participantes indicaram as iniciativas de comunicação já existentes na região Brasilândia, tais como: cruz, sino da igreja e uso de datashow nas missas e celebrações; difusão de informações em jornais, sites, blogs, quadros de avisos, rádios, cartazes, banners, faixas, som de rua, lousa; além de camisetas temáticas, músicas, teatro e símbolos diversos. Sobre a comunicação da Igreja no Brasil, Cilto pontuou sobre as orientações que estão sendo elaboradas nas diretrizes de comunicação da Igreja Católica no Brasil.

Diversas propostas foram apontadas pelos presentes para melhorar a comunicação da Igreja na Brasilândia, entre as quais: maior inserção dos jovens nos planos de comunicação regionais e paroquiais; definição de custos com a comunicação nas comunidades, paróquias e na Região; estimulo à formação de grupos de estudos sobre temas sociais, culturais e de evangelização; dinamização de linguagem e de atualização do site REBRA; uso mais intenso de blogs, sites e jornais da Região; Mapeamento da comunicação nas comunidades; aprimoramento dos meios internos de comunicação nas igrejas, tais como painéis, murais e recados ao final das missas; Acolhida aos profissionais de comunicação para que atuem nas comunidades.

No domingo, 04 de julho, mais de 130 pessoas, entre catequistas, padres, religiosas e lideranças estiveram na oficina de iniciação cristã, na igreja N. Sra da Expectação, setor Freguesia do Ó.

Na abertura dos trabalhos, a leiga Dorialva da Graça Lima, fez memória da atuação dos leigos na missão da Igreja, e resgatou todo o processo de realização do 1º Congresso de Leigos de São Paulo. As Questões que nortearam a reflexão da oficina foram: O que se entende por iniciação cristã e como fazer acontecer na prática nas comunidades? Quais os desafios? O que fazer para as pastorais possa trabalhar em conjunto?

Os participantes apresentaram propostas para a melhoraria do trabalho da equipe regional da catequese e indicar respostas para as inúmeras perguntas que são levantadas rotineiramente nas comunidades sobre o processo de iniciação cristã. No final as duas oficinas, houve a escolha dos representantes para as oficinas que acontecem em nível arquidiocesano.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos