sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Juventude da Brasilândia realiza assembléia regional

Por Juçara Terezinha, pela Pascom Brasilândia

Lideranças dos grupos de base e das coordenações paroquiais da Pastoral da Juventude (PJ) realizaram na tarde do domingo, 19 de setembro, uma assembléia regional com objetivo de avaliar a caminhada de 2010 e traçar metas para 2011.

Com muita alegria e descontração os jovens foram chegando, e aos poucos ocuparam o salão da Igreja Nossa Senhora da Expectação, na Freguesia do Ó. Durante a apresentação, cada um falou o nome e a comunidade ou grupo que pertence e contou sobre outras atividades que realiza na Igreja. Muitos são catequistas, outros fazem parte da equipe de liturgia, ministério da musica, cerimoniários, monitores de crisma, e alguns, estão se preparando para serem ministros da eucaristia.

Após a apresentação, o coordenador regional da PJ Anderson Bueno, falou dos objetivos do evento. O primeiro assunto foi sobre o DNJ (Dia Nacional da Juventude) que acorre no ultimo domingo de outubro. “Todos sabemos que o tema do dia nacional da Juventude deste ano é a campanha contra o extermínio da Juventude”, lembrou. Leandro Silva, conselheiro tutelar, comentou sobre o assunto e explicou o papel da mídia neste cenário e como a juventude pode ser protagonista.

Um dos momentos marcantes da atividade ocorreu quando cada jovem deixou a sua marca na bandeira da PJ. Aos poucos a bandeira foi ganhando um novo visual: eram as mãos dos jovens da Pastoral da Juventude assumindo o compromisso de defender a paz e dizer não à violência.

Depois deste momento de mística e compromisso, os jovens passaram a debater sobre os motivos que levam a maioria da juventude a perder o interesse pelo grupo de jovens e a não participar da vida da comunidade. Anderson Bueno lembrou que a PJ regional passa por um momento de reiteração. Em alguns setores o surgiram novas lideranças que estão impulsionando a organização da juventude. Outros estão retomando aos poucos a articulação e formando novos grupos.

O coordenador da PJ regional ressaltou que os padres, diáconos, seminaristas e as religiosas têm um papel fundamental na formação da juventude, organização dos grupos e as coordenações. Os jovens necessitam de acompanhamento, de incentivo de apoio de pessoas amigas. “Diante deste quadro se faz necessário apontar atividades que sejam atrativas e que ao mesmo tempo possibilitam o fortalecimento da caminhada dos jovens”, destacou

Para apontar estas alternativas, os jovens realizaram os grupos de trabalho durante a assembléia e apontaram propostas. Para encerrar, a bandeira da PJ foi colocada no centro e houve a reafirmação do compromisso de lutar pela Paz.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos