sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Brasilândia realiza 1° CRP de 2011

Por Juçara Terezinha, pela Pascom Brasilândia

Lideranças leigas, padres, diáconos, religiosas e bispo dom Milton Kenan Junior, participaram na manhã do sábado, dia 19, da 1ª reunião de 2011 do Conselho Regional de Pastoral (CRP). O evento ocorreu no salão da Igreja Nossa Senhora da Expectação, Setor Freguesia do Ó.

O encontro foi iniciado com um momento da mística, motivado pelo padre Jaime Izidoro de Sena, coordenador regional de pastoral e depois passou-se a um resumo da caminhada dos setores Perus, São José Operário, Nova Esperança, Jaraguá e Pereira Barreto, que realizam em fevereiro, a 1ª reunião do ano, para encaminhamentos, organização pastoral e mobilização para a celebração de abertura da CF em 13 de março. Até a data do CRP, os setores Freguesia do Ó e Cântaros ainda não tinham feito reuniões similares.

Após os relatos, dom Milton apresentou a nova proposta para a organização pastoral da Arquidiocese de São Paulo. “Pela proposta o CAP [Conselho Arquidiocesano de Pastoral] será organizado por representantes das coordenações. Hoje são 23 coordenações organizadas em nível arquidiocesano”, explicou. “Diante desta proposta, acredito que as regiões Episcopais, setores e paróquias terão a mesma estrutura de organização”, projetou o bispo.

Na sequência, diversas pessoas expressaram questionamentos, preocupações e desafios sobre esta proposta. Padre Jaime Isidoro, lembrou que a proposta é muito parecida com a estrutura de organização das comissões, e dom Milton ponderou que será necessário aguardar as orientações da Arquidiocese para implementar a nova organização pastoral na região.

A 1° Carta Pastoral, lançada pelo cardeal Odilo Pedro Scherer, arcebispo metropolitano, também foi apresentada na reunião. “Faço aqui apelo para que o texto seja estudado pelas lideranças leigas das comunidades, pastorais, movimentos”, conclamou dom Milton.

Houve consenso para que assembleia regional em setembro seja feita em sintonia com as orientações da Carta Pastoral. “Até final de fevereiro faremos a conclusão do subsidio de estudo que será lançado dia 13 de março durante a celebração de abertura da CF. De abril a junho, é tempo de estudar o subsídio nas comunidades, pastorais e movimentos. Em julho, os setores farão suas assembléias, e a tabulação dos dados dos setores será feita durante o mês de agosto. Em setembro teremos a assembleia regional e em outubro a devolução das propostas para as paróquias”, explicou padre Jaime Izidoro.

Dom Milton fez uma reflexão sobre esta questão e destacou ser necessário olhar com atenção para a vida das paróquias que são as bases da organização regional. “Essa proposta vai obrigar a cada um de nós fazer uma reflexão sobre o nosso papel, quanto organização regional com relação às bases. Como nossas pastorais estão identificadas com as paróquias e comunidades”.

Os presentes mencionaram às ações realizadas no 1° Congresso Arquidiocesano de Leigos, em 2010, que podem servir como referência e expressaram o desejo de que as propostas feitas sejam realmente encaminhadas nas paróquias e comunidades. Nesse sentido, padre Jaime lembrou que em 20 de marco vai acontecer o encontro arquidiocesano com os delegados das regiões no Centro Pastoral São Camilo, na Região Ipiranga, para dar continuidade aos encaminhamentos.

Ao final, dom Milton fez uma reflexão sobre quatro desafios e preocupações regionais: o trabalho da iniciação crista; a animação missionária; o setor juventude e a comunicação regional. “Precisamos estar abertos para acolher e olhar esta nova realidade. Não podemos permanecer indiferentes. Se podemos agilizar nossa comunicação regional através de meios como blogs, sites, rádios e outros, precisamos estar abertos e nos apropriarmos deles, para saber usar estas redes sociais a serviço da evangelização”, concluiu.

Na reunião, foi decidido também que os encontros do CRP da Brasilândia acontecerão, bimestralmente, até junho.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos