quarta-feira, 7 de março de 2012

Arquidiocese de SP já trabalha o 11° Plano de Pastoral

Por Daniel Gomes, pela Pascom Brasilândia
(Foto: Luciney Martins)
a
A elaboração do 11º Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Paulo, que deve entrar em vigor em 25 de janeiro de 2013, tomará a atenção dos leigos, padres e bispos da Arquidiocese ao longo de 2012.
a
As explicações sobre a elaboração do plano foram apresentadas por dom Milton Kenan Júnior, bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo na Região Brasilândia, e referencial das Pastorais Sociais, no sábado, dia 3, durante o Encontro das Equipes de Coordenação da Arquidiocese, na Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação (Fapcom).
a
"Haverá um instrumento de trabalho, um primeiro texto, em que vocês vão encontrar uma parte em que se coloca as preocupações e a outra em que estarão as seis urgências pastorais, com algumas indicações para que nós, no trabalho de base, possamos apresentar à Arquidiocese, as propostas de projetos e encaminhamentos práticos que devem constar no plano de pastoral", explicou o bispo.
a
O instrumento de trabalho deverá ser entregue até 10 de abril para as coordenações e o clero. O texto apresentará o resgate da caminhada de ação pastoral desde a Conferência de Aparecida, em 2007; retomará as cinco urgências das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora (Igreja em estado permanente de missão; Igreja: cada da iniciação cristã; Igreja: lugar de animação bíblica da vida e da pastoral; Igreja: comunidade de comunidades; e Igreja a serviço da vida plena para todos) e a urgência de acolher os jovens para a missão; e colocará em destaque que a Igreja deve estar atenta aos sinais dos tempos e aos desafios da cidade e que tem a missão de evangelizar.
a
O prazo máximo para o envio de projetos para o 11° Plano será 7 de junho. A partir de então, até julho, o Secretariado Arquidiocesano de Pastoral, bem como o cardeal dom Odilo Pedro Scherer e os bispos auxiliares trabalharão na redação do texto, que será apresentado ao clero e às coordenações em agosto e exposto para aprovação final na assembleia arquidiocesana, em setembro.
a
Dom Milton salientou que a elaboração do 11° Plano levará em conta o que já foi tratado nos seminários regionais e na assembleia arquidiocesana de 2011, bem como as respostas ao instrumento de avaliação do 10° Plano.
a
O 10º Plano começou a ser avaliado no encontro de sábados pelos coordenadores e a apreciação final das coordenações deve ser repassada ao secretariado de pastoral até 23 de abril.
a
Na opinião de Edson Silva, presidente do Conselho de Leigos da Arquidiocese de São Paulo, "O 10° Plano de Pastoral sinaliza a realidade, mas não dá conta de forma prática com propostas concretas de como a Igreja vai se colocar diante desses desafios. Que o 11° plano seja um plano de diretrizes, mais enxuto, objetivo e que as regiões possam ter planos de ação concretamente específicos para sua realidade".
a
Já para Ricardo Luciano, integrante da Pascom Brasilândia, "o 10° plano ativou uma nova visão do trabalho em comunidade e fez com que as paróquias em si, se movimentassem para conseguir entender a proposta e trabalhar em união. Houve um avanço muito grande sobre comunicação, as lideranças pedem a presença da Pastoral da Comunicação, então, a Pascom deve acontecer, a Igreja pede isso".
a
Durante o encontro também foram informadas algumas das iniciativas que serão realizadas pela Arquidiocese em 2012 como a aplicação de um novo questionário às paróquias por conta do Destaque Pastoral "Paróquia, comunidades de comunidades"; a realização de cursos nos setores pastorais para a formação de Conselhos Paroquiais de Pastorais (CPPs) e Conselhos de Assuntos Econômicos (CAE); elaboração de um diretório pastoral para a Arquidiocese, referente às escolhas e permanências nas coordenações; intensificação de estudos sobre os documentos do Concílio Vaticano 2°; e resgate e concretização dos projetos e pistas de ação apresentados nos seminários regionais.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos