quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

CF-2012 vai gerar ações na Brasilândia

Por Daniel Gomes, pela Pascom Brasilândia
(Foto: Domingos Chaparin)
a
A abertura regional da Campanha da Fraternidade deste ano (CF-2012) no último domingo, 26 de fevereiro, reuniu mais de 3 mil pessoas que caminharam pelas ruas de Taipas, partindo da Paróquia Nossa Senhora das Dores, com parada no Hospital de Taipas, e encerramento na Paróquia Cristo Libertador, com presidida pelo cardeal dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo.
a
Passada a abertura, a temática da Saúde Pública, que é o foco da CF-2012, continuará em destaque na região e deverá fortalecer as lutas por melhorias na qualidade da saúde pública nos bairros da Brasilândia e também ampliar a capilaridade de atuação da Pastoral da Saúde.
a
De acordo com dom Milton Kenan Júnior, bispo regional, a região tem três metas com a campanha deste ano: "voltarmos a reivindicar um maior número de hospitais na região; a segunda proposta é que queremos atendimento com qualidade. Em muitas UBS [Unidades Básicas de Saúde], AMAs [Atendimento Médico Ambulatorial] e hospitais é insuficiente o número de médicos e profissionais da saúde para atender a população; e a terceira proposta é desencadear um processo de formação dos agentes de pastoral para que os cidadãos possam assumir o seu lugar nos conselhos paritários. As propostas são de longo prazo e dependerão do empenho e do compromisso de todos nós", afirmou o bispo.
a
Outra articulação é a criação da Escola do SUS, um projeto aprovado na Assembleia Regional em novembro de 2011, e que será feita em parceira com as faculdades Unifai, São Camilo e PUC-SP, além dos equipamentos públicos de saúde e as Pastorais Sociais, principalmente, as de Fé e Política, Saúde, Educação e Juventude.
a
"A Escola do SUS será um momento de preparar a população para que conhecendo seus direitos trabalhe, por exemplo, pela implantação plena do Hospital Brasilândia e pela criação de um hospital na região de Perus. Isso vai ser fruto da conquista do próprio povo, não é a Igreja que vai fazer isso, mas ela vai preparar e conscientizar para isso", explicou padre Edson Jorge Feltrin, membro da equipe de coordenação arquidiocesana e regional da Pastoral da Saúde.
a
A primeira reunião para articulação da Escola do SUS acontecerá em 13 de março, às 9h, no Hospital São Camilo da Pompéia (avenida Pompéia, 1.178, Pompéia) e em 18 de abril, às 20h, haverá a apresentação do projeto na Cúria regional (rua Rodrigues Blandy, 55, Itaberaba). A meta é implantar a escola no segundo semestre deste ano ou em 2013.
a
De acordo com padre, que também é membro do Comitê de ética do Instituto Adolfo Lutz e do Comitê de bioética e de ética do Hospital maternidade Vila Nova Cachoeirinha, a região irá apoiar mobilizações já em curso como a construção de duas UBS, no Jardim Peri e Jardim Damasceno, além da criação de um espaço hospitalar para cuidados paleativos.
a
A CF-2012 também deverá fortalecer as ações da Pastoral da Saúde. De acordo com o padre Edson Jorge um dos focos é organizar em âmbito arquidiocesano, regional e paroquial uma coordenação que trabalhe cada uma das três dimensões da pastoral: solidária, comunitária e político institucional.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos