quarta-feira, 16 de maio de 2012

Brasilândia estuda comunicação litúrgica

Daniel Gomes, pela Pascom Brasilândia
(Fotos: Ricardo Luciano)
a
Em busca de aperfeiçoamento nas técnicas de comunicação litúrgica, 90 pessoas, entre padres e leigos dos setores Jaraguá, Perus e Pereira Barreto, participaram no sábado, 12 de maio, na Paróquia Nossa Senhora Mãe e Rainha, do curso regional oferecido pela Pastoral da Comunicação da Brasilândia (Pascombras).
a
Na abertura, após uma dinâmica sobre a acolhida como instrumento de comunição, o bispo regional, dom Milton Kenan Júnior, elogiou a disponibilidade das lideranças em aprimorar técnicas de comunicação litúrgica e apontou que "a liturgia é, sobretudo, comunicação" e que os cristãos devem ser instrumentos da revelação de Deus.
a
"Deus se serve de cada um de nós para revelar a sua presença, para comunicar. Somos canais comunicadores de Deus. Emprestamos a ele a nossa mão, o nosso olhar, os nossos gestos, o nosso ritmo", expressou.
a
A atividade foi conduzida pelo padre Cilto José Rosembach, assessor da Pascombras, que pediu inicialmente aos participantes que elencassem os entraves atuais na comunicação litúrgica. Houve menção à necessidade de melhor capacitação dos leitores, zelo pela qualidade técnica dos equipamentos, preparação da liturgia, acolhida dos fiéis, cuidado com os excessos de avisos nas missas e valorização dos momentos de silêncio.
a
A partir das demandas apresentadas, o assessor expôs o conteúdo do curso, destacando, inicialmente, a liturgia cristã como ação do povo batizado, que dela deve participar de maneira sempre ativa, consciente, plena e frutuosa.
a
"A liturgia é ação criadora, libertadora, transformadora e santificadora que não só nos atinge, mas nos envolve e nos torna agentes, participantes desta sua ação, numa aliança de amor e compromisso", pontuou padre Cilto.
a
Ao longo do curso, houve dicas práticas sobre como proclamar a Palavra, e não simplesmente lê-la; maneiras para preparar a liturgia e capacitar-se para proclamá-la; posturas a ser adotadas durante a proclamação; dicas de entonação e modulação de voz; e orientações para manter a qualidade vocal.
a
O assessor também falou brevemente sobre a comunicação comunitária e litúrgica pautada no diálogo, estimulou que as técnicas passadas sejam multiplicadas em formações para pequenos grupos nas paróquias e refletiu sobre a necessidade de que não haja excessos de avisos nas missas e que se valorizem os momentos de silêncio nas celebrações.
a
A atividade também pôde ser vista em tempo real, em som e imagem, pelo site da comunidade Missão Mensagem de Paz (www.mensagemdepaz.org.br), que registrou pico de 16 acessos. Além de padre Cilto, trabalharam no curso outros agentes da Pascombras: Anderson Braz, Daniel Gomes, Janaina Cabral, Juçara Terezinha e Ricardo Luciano.
a
O próximo curso regional sobre técnicas de comunicação litúrgica está agendado para 25 de agosto, das 8h30 às 13h, na Paróquia Santos Apóstolos (avenida Itaberaba, 3.907, Jardim Maracanã) e será direcionado para padres e leigos que atuam nos setores Cântaros, Freguesia do Ó, Nova Esperança e São José Operário. Informações e inscrições pelo telefone (11) 3924-0020 ou no e-mail

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos