quarta-feira, 6 de junho de 2012

Semana de formação mobiliza Brasilândia

Por Juçara Terezinha, pela Pascom Brasilândia
Fotos: Ricardo Luciano
a
Com a participação de cerca de 600 pessoas, a Semana Regional de Formação sobre Liturgia aconteceu nas noites de 28 a 31 de maio, tendo por base as propostas litúrgicas do Concílio Ecumênico Vaticano 2°. A atividade foi distribuída em quatro paróquias: Santo Antônio, para os setores Cântaros e Nova Esperança; Santos Apóstolos, setores Freguesia do Ó e São José Operário; São Luís Gonzaga, para os setores Pereira Barreto e Jaraguá; e Santa Rosa de Lima,  no setor  Perus.
a
Em caravanas de paróquias e comunidades, ou individualmente, as pessoas, mesmo cansadas do dia de trabalho, chegaram mostrando disposição para as formações, conduzidas, de maneira didática e participativa, por quatro assessores, que se revezaram pelas paróquias ao longo da semana.
a
Padre Pedro Savelli tratou sobre a constituição Sacrosanctum Concilium, documento conciliar do Vaticano 2° sobre a liturgia, e que propõe fomentar a vida cristã entre os fiéis, adaptá-la melhor às necessidades do momento histórico, promover o que pode ajudar à união de todos os crentes em Cristo, e fortalecer o que pode contribuir para chamar a todos ao seio da Igreja.
a
Liturgia como ação preparada foi a temática apresentada pelo padre Roberto Moura (Beto) , que apontou para a necessidade de garantir uma boa preparação da liturgia, que deve estar em sintonia com a vida da comunidade e quando bem ajuda  que todos os fiéis celebrem melhor.
a
Dando sequência a esse tema, padre Joel Nery falou sobre liturgia como ação participada. Esta ação requer um envolvimento da comunidade. As iniciativas litúrgicas são ações coletivas, por isso, as celebrações pertencem a todo o corpo da Igreja.
a
O tema comunicação na liturgia foi assessorado pelo padre Cilto José Rosembach, que destacou que na liturgia a comunicação com Deus precisa ser o centro; e que é preciso executar bem o que está prescrito no rito. O padre também apontou que a comunicação litúrgica revela a manifestação do sagrado, da dimensão orante, comunitária, festiva, trinitária, cristã, pascal, eclesial, memorial e eucarística; e apresentou algumas técnicas para melhor a comunicação, principalmente à proclamação da Palavra  e o uso dos diversos meios.
a
Na avaliação do padre José Roberto, um dos articuladores da semana regional de formação a atividade superou as expectativas. “Percorri os quatro locais de formação e vi que atingiu o objetivo de despertar um pouco mais a questão litúrgica na nossa Igreja, o acolhimento. Os quatro palestrantes estavam bastante interados do assunto e a quantidade de pessoas foi além do que imaginávamos”, opinou. A próxima semana de formação será realizada de 16 a 19 de julho, em locais a serem divulgados. 

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Acessos